A Postura revela o que você é

 De uma forma ideal, o corpo é capaz de permitir o livre fluir de sentimentos. Esse corpo possui: olhos brilhantes, respiração suave, pescoço livre, a cabeça se movimenta com facilidade, a pélvis tem uma báscula normal, a postura deve estar ereta e com olhar horizontal. Uma pessoa neste padrão representa prazer pela vida, emocionalmente flexível e é espontânea diante do mundo.
Quando há um desvio desse padrão, o corpo e a postura revelam sentimentos antigos, crenças e até bloqueios emocionais deixando a estrutura encarcerar o seu próprio corpo. A coluna trás em suas partes, determinados aspectos prováveis de relação mente e corpo relacionados a cada região.
A cabeça na frente (em protrusão) além de provocar dores cervicais, mostra uma pessoa ansiosa e visionária.
Pescoço Rígido - pessoas presas ao próprio autocontrole, críticas e inflexíveis.
Pescoço Achatado (Curto) - a coluna cervical é a região mais nobre da coluna, pois liga a cabeça ao corpo (mente ao coração) através de estruturas importantes, como as artérias vitais, etc. Se os músculos estão encurtados, comprimindo essa passagem, o individuo responde com vários sintomas neurovegetativos (náuseas, tonturas, dores, etc). São pessoas que querem controlar tudo, racionalizar tudo, desconfiados e preocupados.
Ombros Enrolados – pessoas que estão escondendo uma fragilidade, um problema e geralmente são fechadas as inovações. Sentem tensão frequente nos trapézios
Costas Enroladas – pessoas inseguras que assumem a postura cifótica para proteger  suas emoções, medos, carregando a dor da sua condição.
                Região Lombar – problemas relacionados ao ter na vida. Crises financeiras provocam dores na coluna lombar e mais no sexo masculino. Hiperlordose – a famosa bundinha arrebitada traduzida pelo esforço repetitivo de realçar a beleza diante das emoções, provocará dores com o passar do tempo.
                Pelve – é o centro do corpo, onde à intercessão das forças ascendentes e descendentes, se houver qualquer restrição biomecânica a esse nível, provocará alterações da cabeça aos pés. A boa saúde dos órgãos do assoalho pélvico depende de uma boa musculatura abdominal refletindo na satisfação pessoal, física e emocional.
                Pés – crianças que não foram estimuladas a andar descalças, na areia, terão pés fracos que irradiará golpes ao longo do corpo levando ao desequilíbrio ascendente, como uma árvore com raízes fracas, são pessoas inseguras, indecisas, com episódios fora da realidade e geralmente são acometidas com frequentes tonturas.
                Devemos cuidar da nossa postura, fortalecendo a musculatura, alongando os encurtamentos, ajustando as restrições articulares com o objetivo de abrir as comportas, equilibrar a coluna e harmonizar a circulação buscando um corpo proporcional, sem exageros, libertando-se do cárcere privado e ficar de boa com a vida. ............... Vamos nos tornar nossos próprios HERÓIS!!!
                     









 Ou por acaso, VOCÊ quer se transformar num ROBÔ sem movimentos, enferrujado e com muita DOR ???




Sandra Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent

recentposts

Random

randomposts